terça-feira, fevereiro 14

Atos 14.1-28



"Em Icônio, Paulo e Barnabé entraram juntos na sinagoga judaica e falaram de tal modo, que veio a crer grande multidão, tanto de judeus como de gregos. Mas os judeus incrédulos incitaram e irritaram os ânimos dos gentios contra os irmãos. Entretanto, demoraram-se ali muito tempo, falando ousadamente no Senhor, o qual confirmava a palavra da sua graça, concedendo que, por mão deles, se fizessem sinais e prodígios. Mas dividiu-se o povo da cidade: uns eram pelos judeus; outros, pelos apóstolos. E, como surgisse um tumulto dos gentios e judeus, associados com as suas autoridades, para os ultrajar e apedrejar, sabendo-o eles, fugiram para Listra e Derbe, cidades da Licaônia e circunvizinhança, onde anunciaram o evangelho."
                                                 Atos 14:1-7


Todos que estavam reunidos naquela sinagoga criam em Deus porem nem todos consideravam Jesus como o enviado de Deus ou messias ao qual o profeta Isaías havia proferido, por estes motivos muitos desconfiavam dos apóstolos e queriam apedrejados.


"Em Listra, costumava estar assentado certo homem aleijado, paralítico desde o seu nascimento, o qual jamais pudera andar. Esse homem ouviu falar Paulo, que, fixando nele os olhos e vendo que possuía fé para ser curado, disse-lhe em alta voz: Apruma-te direito sobre os pés! Ele saltou e andava. Quando as multidões viram o que Paulo fizera, gritaram em língua licaônica, dizendo: Os deuses, em forma de homens, baixaram até nós. A Barnabé chamavam Júpiter, e a Paulo, Mercúrio, porque era este o principal portador da palavra. O sacerdote de Júpiter, cujo templo estava em frente da cidade, trazendo para junto das portas touros e grinaldas, queria sacrificar juntamente com as multidões. Porém, ouvindo isto, os apóstolos Barnabé e Paulo, rasgando as suas vestes, saltaram para o meio da multidão, clamando: Senhores, por que fazeis isto? Nós também somos homens como vós, sujeitos aos mesmos sentimentos, e vos anunciamos o evangelho para que destas coisas vãs vos convertais ao Deus vivo, que fez o céu, a terra, o mar e tudo o que há neles; o qual, nas gerações passadas, permitiu que todos os povos andassem nos seus próprios caminhos; contudo, não se deixou ficar sem testemunho de si mesmo, fazendo o bem, dando-vos do céu chuvas e estações frutíferas, enchendo o vosso coração de fartura e de alegria. Dizendo isto, foi ainda com dificuldade que impediram as multidões de lhes oferecerem sacrifícios."
                                                  Atos 14:8-18


Paulo e Barnabé determinaram a cura de um certo homem que desde pequeno era paralitico, este homem imediatamente andou e todo povo que viu o milagre ficaram de boca aberta por não saberem quem era o deus de Paulo e Barnabé, e agiram como se eles fossem enviados por seus deuses pagãos que nada faziam pois tinham boca e não falavam olhos e não viam perna e não andavam, e muitos ainda queriam apresentar sacrifícios diante dos apóstolos pois eles não aceitaram e procurando de alguma forma explica los, pregou para todos o evangelho da paz mas mesmo assim muitos não queriam entender a posição dos homens de Deus.


"Sobrevieram, porém, judeus de Antioquia e Icônio e, instigando as multidões e apedrejando a Paulo, arrastaram-no para fora da cidade, dando-o por morto. Rodeando-o, porém, os discípulos, levantou-se e entrou na cidade. No dia seguinte, partiu, com Barnabé, para Derbe. E, tendo anunciado o evangelho naquela cidade e feito muitos discípulos, voltaram para Listra, e Icônio, e Antioquia, fortalecendo a alma dos discípulos, exortando-os a permanecer firmes na fé; e mostrando que, através de muitas tribulações, nos importa entrar no reino de Deus. E, promovendo-lhes, em cada igreja, a eleição de presbíteros, depois de orar com jejuns, os encomendaram ao Senhor em quem haviam crido. Atravessando a Pisídia, dirigiram-se a Panfília. E, tendo anunciado a palavra em Perge, desceram a Atália e dali navegaram para Antioquia, onde tinham sido recomendados à graça de Deus para a obra que haviam já cumprido. Ali chegados, reunida a igreja, relataram quantas coisas fizera Deus com eles e como abrira aos gentios a porta da fé. E permaneceram não pouco tempo com os discípulos."
                                              Atos 14:19-28


Esses homens Judeus que vieram de Antioquia eram sacerdotes Judaicos não crentes em Jesus ao qual procuravam tirar as vidas dos discípulos, pois para eles todos os pregadores de Jesus eram uma grande ameaça para religião deles, mas os servos de Jesus não se curvaram e foram para outras Cidades dar continuidade a pregação do evangelho, e Paulo sempre animando a todos a permanecer na fé e não desanimar pois cria em Deus dos impossíveis.


Que Deus venha nos guiar neste estudo, assim seja!


                    Por Raimundo Sousa


(click aqui)>Coloque nomes na minha pagina de oração,"E a oração da fé salvará o enfermo"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante!

É SÓ CLICAR EM Participar deste site:

MENSAGENS DO BLOG