quarta-feira, dezembro 14

A Santidade e a Alegria





"Os discípulos estavam cheios de alegria e do Espírito Santo"  
                                                     Atos 13.52
No tempo de nossa infância, nossos pais nos davam banho e nos vestiam com aquela bela roupa que tinham comprado para nós, sempre que desejavam nos levar a alguma festa ou a um lugar que alegrasse nosso coração. Em seguida, uma vez limpos e arrumados, eles nos diziam expressamente para termos cuidado e não nos sujarmos. Algumas vezes, porém, confesso que desobedeci e isso atrasou minha ida ao prometido lugar de alegria. Mais tarde, conforme fui crescendo, percebi que, dependendo da sujeira, a desobediência podia fazer com que a gente perdesse a festa. Percebi também que no mandamento de meus pais havia mais coisas envolvidas, pois a higiene dos filhos dá honra a seus pais. Na verdade, o modo como as crianças se vestem, falam, brincam, se relacionam e repartem as coisas umas com as outras nos revela muito de quem elas são filhos e filhas, e de como são os seus pais.


Nosso Pai Celestial, de semelhante modo, comprou no Calvário a mais bela roupagem para seus filhos, e deseja vê-los limpos. Sua intenção ao nos ordenar tal santidade é Seu desejo de nos levar ao "lugar" de satisfação mais maravilhoso, divertido e gostoso do universo: "Em Cristo", nos diz a Bíblia. No entanto, nossa ansiedade e inquietude nos tenta e nos distrai - e então a espera parece demorar e custar tanto! Chegamos a chamar tal submissão à vontade e ao tempo do Pai de "sacrifício", tamanho é seu custo para nós! Infelizmente, alguns não suportam: desobedecem, se precipitam e se sujam. Quanto atraso em nossa vida vem disso! Outros se mancham ainda mais, e infelizmente chegarão tarde demais à Festa.


Não somos crianças, mas assim como elas, o modo como lidamos, falamos, trabalhamos, nos relacionamos e compartilhamos as coisas uns com os outros mostra ao mundo de quem somos filhos, e como é o nosso Pai Amado. Nossa pureza de coração e higiene de espírito dá honra a Ele. Mas quem sai ganhando mesmo com a santidade somos nós, pois é permanecendo nela que o Pai leva Seus filhos à experimentação da melhor e verdadeira alegria! No entanto, quantos de nós ainda achamos que a santidade se resume somente a um chamado ao sacrifício e à privação! Ah, quando entendermos que a santidade vai além, pois é o requisito para a alegria real e o prazer eterno da comunhão com Cristo! Que povo motivado e consolado seremos, quando nosso espírito entender todo o prazer implícito no mandamento à santidade!


Irmãos peregrinos, vamos pedir juntos que sempre que a espera e a pureza ficarem difíceis demais para nós, e sentirmos a tentação de irmos brincar de pular na lama, que o Pai nos lembre que sem santidade não poderemos andar com Ele - e se não andarmos com Ele, não iremos a lugar algum!


"Eu serei para vós Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso. Ora, amados, visto que temos tais promessas, purifiquemo-nos de toda a impureza tanto da carne, como do espírito, aperfeiçoando a nossa santificação no temor de Deus" 
                                        2 Corintios 6.18-7


"Purifica-me com hissopo, e ficarei puro; lava-me, e ficarei mais alvo do que a neve" 
                                               Salmo 51.7


Seja Feliz


                            Por Izaias Lima



Este blog é uma benção!!!!          Click aqui
http://izaiaslimaaguasdotronodedeus.blogspot.com/2011/05/santidade-e-alegria.html






(click aqui) Coloque nomes na minha pagina de oração,"E a oração da fé salvará o enfermo"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante!

É SÓ CLICAR EM Participar deste site:

MENSAGENS DO BLOG