sexta-feira, maio 27

Decidi não vou desistir


Olá, muito prazer, mais talvez você não me conheça ainda, meu nome Raimundo Sousa, tenho 30 anos sou casado e tenho um filho, é mais o que venho falar aqui nesta mensagem é sobre meu testemunho de vida .
Eu frequentei um ministério desde de pequeno, posso dizer que cresci dentro da igreja, minha mãe que começou a frequentar por motivos de saúde, então foi passando os dias e fui me envolvendo e entendendo a vontade do sr Jesus Cristo para cada criatura, mas nunca me firmava, se passaram nove anos ate frequentava a igreja mais sem nenhum compromisso sério com autor e consumador da vida, foi então que com dezoito anos me batizei nas águas e comecei minha vida em Cristo, alguns meses depois estava como obreiro, alguns anos depois
como auxiliar de pastor. (OBS:) Esse período foi um dos mais complexos de minha vida, com vinte anos fui servir no 
altar, porém, vou ser sincero faltou muita comunhão com Deus e logo alguns meses depois veio o tombo, sai de auxiliar, e me afundei em profunda depressão, foi nesta época que conheci minha esposa, alguns meses depois de namoro, convidei para fazer uma visita a igreja, porque nossa vida era de vícios e traições, mas la no fundo queríamos ser felizes juntos, pois então fomos, ela se firmou depois de uns meses e eu me afastei, só fracasso. Depois de um tempo voltei para a presença do sr Jesus passou uns meses voltei a servi lo novamente como obreiro, passou dois anos e alguns meses como obreiro logo depois por não estar bem espiritualmente  fui me enfraquecendo, neste período já estava casado, e meu casamento estava um fracasso, dei ouvidos para a voz do coração e me afastei novamente, voltei ao vomito, o pior de tudo e que eu já sabia que estava escolhendo o caminho errado, mais era como que alguma coisa me afirma se, que eu poderia ser feliz sem precisar da ajuda de ninguém muito menos da IGREJA, passei mais dois anos afastado relutando contra o meu eu , teve momentos que pensei que fosse MORRER por tamanha depressão, a angustia era tão grande que nessas horas eu me entregava aos vícios, melhor bebidas, como dizem,vou afogar as magoas mas comigo era ao contrario eu e quem me afundava, saia para bares, quantas foram as vezes neste período que arrumei brigas amantes e tinha vezes que ate dormi na rua como mendigo, já tinha dormido. Que vergonha, mesmo assim depois de alguns dias la estava eu bebendo novamente, e o vazio que todo ser humano tem estava todo comigo, senão for preenchido pela presença do Espírito Santo ficamos vuneravel a palpites terrenos.A ultima e ultima vergonha que passei foi em família, neste dia saímos para fazer compras eu, minha esposa e meu filho, comecei a beber desde cedo e la aonde tinha uma bebida estava eu indo beber, terminamos as compras e resolvemos ir jantar em um restaurante chegando lá pedi uma bebida e por que já estava fora do normal comecei agir sem noção de nada, ate oferecer bebida pro meu filho que só tem sete anos,ofereci, o pior apaguei na mesa do restaurante ,minha esposa ficou em desespero, não sabia o que fazer, foi então que veio  o garçom e tentou me reanimar e entrei em fúria, eu só me lembro que acordei no outro dia no chão da sala da minha casa muito mal, mas olha de todos as situações  que me deixaram depressivo aquela foi a mais assustadora ou seja foi meu fundo de poço, eu estava me sentindo um nada, sei lá o que, um dia após aquela situação acontecer, ainda muito ruim, resolvi ir ate o senhor Jesus.
OBS: Eu já estava frequentando uma igreja, mais ainda não tinha me entregado ao senhor Jesus sinceramente.
Então neste dia eu fui, chegando lá ,falei comigo mesmo sr Deus fala comigo, estou cansado de viver essa vida de amargura ! 
Ouvi a pregação mas não compreendi muito não, mas sei que foi na hora da busca ao Espírito Santo que DECIDI ,não vou DESISTIR, quero ficar aos pés do meu senhor Jesus Cristo e ali rasguei meu coração verdadeiramente, fiz uma aliança um pacto de me entregar de corpo alma e Espírito, tirei o meu Eu e coloquei a vida e o corpo que Deus me deu em suas mãos. Comecei a tomar decisões em relação a minha salvação,
O que me mantém salvo?
Eu comecei a praticar.


O que não me mantém salvo?
Eu comecei a excluir da minha frente, do meu computador, dos meus ouvidos, do meu lado, da minha vida.


Hoje ,depois de dois meses me coloco no quadro dos convertidos ,me sinto uma nova pessoa, Meu desejo é falar e mostrar na pratica que o Sr Jesus. 


Esta aqui  tudo o que eu faço e pretendo fazer.
Se manter na Fé é sempre excluir da sua vida, da sua mente, ou de qualquer lugar que faça você se desvincular da Fé ou fracassar ou desistir.


Amem !
                                           Por Raimundo Sousa                                                                                         

2 comentários:

  1. Se manter em aliança com Deus e como você plantar uma semente e aos poucos ir cuidado diariamente, para o seu desenvolvimento...

    Semente= Espírito Santo

    Porque ele é como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e, no ano de sequidão, não se perturba, nem deixa de dar fruto.Jeremias 17:8

    ResponderExcluir
  2. Muito forte Graças a Deus você foi resgatado.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante!

É SÓ CLICAR EM Participar deste site:

MENSAGENS DO BLOG